quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Filtro solar por Pedro Bial

Nunca deixem de usar filtro solar!
Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro,seria esta: use filtro solar.Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar
estão provados e comprovados pela ciência;
já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante.

Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.
Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder
e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e
perceber de um jeito - que você nem desconfia hoje em dia
quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente,
e como você realmente tava com tudo em cima.
Você não é tão gordo(a) quanto pensa!

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca
passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às quatro
da tarde de uma terça-feira modorrenta.
Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.
Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo.
É assim pra todo mundo.

Desfrute de seu corpo.
Use-o de toda maneira que puder. Mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele.
É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.
Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.

Dedique-se a conhecer os seus pais.
É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado
e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas
e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar,
mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.
Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem,
os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes,
e as crianças, respeitavam os mais velhos.
Respeite os mais velhos.
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada.
Talvez case com um bom partido.
Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.

Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos quarenta
vai aparentar oitenta e cinco.
Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas no filtro solar, acredite!

Palavras de amor e sabedoria

Alcançar as estrelas e ir muito além. O mundo é cheio de beleza quando o coração está cheio de amor. È melhor muitas vezes acender uma vela, do que viver reclamando da escuridão. Ninguém, em tempo algum ficou cego, por olhar o lado brilhando da vida, das coisas.
Dois homens, olham para fora através de uma grade, um vê o chão e o outro as estrelas. O otimista é aquele se sai melhor mesmo quando ganha o pior.
Se você está deprimido, desencorajado, é porque você está olhando demais para baixo, sua antena está apontada para o chão, ao invés de para o céu.
O seu dia segue a mesma direção dos cantos de sua boca. Podemos reclamar porque roseiras têm espinhos ou ficarmos felizes porque espinheiros dão rosas?
A melhor maneira de ficarmos agradecidos pelo nosso emprego é imaginarmos sem ele.
Quando você agradece a Deus por todas as suas bênçãos não há tempo para reclamar nem lamentar, eu reclamava porque eu não tinha sapatos, até que eu vi um homem que não tinha pés (Grupo a família).
Você não ser agradecido pela luz até que tenha conhecido a escuridão. Você não vai está agradecido pela alegria até que tenha conhecido a tristeza.
Quem perde dinheiro perde muito, quem perde um amigo perde mais, quem perde a fé perde tudo.
Você pode fazer qualquer coisa se tiver a fé para crer, a força de vontade de trabalhar, a visão de realizar e a visão de seguir adiante apesar dos obstáculos .
Bravura é coragem diante do medo.
Impossível é a palavra que só existe no dicionário dos tolos.
Ele começou a cantar enquanto se lançou a fazer o que disseram que não podia ser feito; e o fez.
A fé tem que está surda para dúvida, muda para ao desencorajamento e cega para as impossibilidades.
Quem nada espera jamais ficará desapontado.
Não se pode descobrir novos oceanos a menos que se tenha a coragem de perder a praia de vista.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Mel




Minha menininha mel, você foi embora hoje (20/09/2010). Ainda lembro o dia que te busquei te escolhi, você tão quietinha que te achava chata.

Depois, quando ficou dodói, que te cuidei, você se entregou, tão apaixonada, tão cheia de amor que chegava a ser ciumenta demais.

Hoje, lembrei-me de como viajamos, você em meu colo, eu dirigindo, você dormia até o destino final.

Hoje, senti tanto você ir, e com esse sentimento uma culpa tão grande. Culpa ela falta de atenção ultimamente, depois que fui mãe, todas as.

Atenções foram para o Miguel, você com ciúmes. Desculpa saudade de você. Gratidão pelo amor incondicional que me deu. Saudade...


quinta-feira, 9 de setembro de 2010

O amor real

Para cada um de nós , existe alguma pessoa especial.Muitas vezes , existem duas, três ou mesmo quatro.Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente.Vêm do outro lado do céu.Podem perecer diferentes, mas nosso coração as reconhece.Nosso coração abrigou em braços como os nossos nos desertos do Egito,bob o luar , e nas planícies antigas da Magnólia . Marcharmos juntos nos exércitos de generais guerreiros que a história esqueceu , e vivemos com elas nas cavernas cobertas de areia dos homens antigos. Há entre elas e nós um laço eterno, que nunca nos deixa sós.

A nossa mente pode interferir . “ Eu não te conheço “ Mas o coração sabe.Ele toma a nossa mão pela primeira vez , e a lembrança daquele toque transcende o tempo e faz disparar uma corrente que percorre todos os átomos do nosso ser. Ela olha em nossos olhos e vemos um espírito que nos vem acompanhando há séculos. Há uma estranha sensação em nosso estômago . Nossa pele se arrepia. Tudo o que existe fora desse momento perde a importância.

Ele pode não nos reconhecer, muito embora tenhamos finalmente nos reencontrado, embora o conheçamos. Sentimos a ligação.Vemos o potencial, o futuro. Mas ele não o vê. Temores , racionalizações , problemas cobrem-lhe os olhos com um véu. Ele não permite que afastemos o véu.Choramos e sofremos ,mas ele se vai.O destino tem seus caprichos.Quando os dois se reconhecem , nenhum vulcão é capaz de explodir com força igual. A energia liberada é tremenda. O reconhecimento da alma pode ser imediato.Uma súbita sensação de familiaridade , de reconhecer aquela pessoa em níveis mais profundos do que a mente consciente poderia alcançar.Em níveis geralmente reservados aos mais íntimos membros da família. Ou ainda mais profundos. Sabemos intuitivamente o que dizer, como ele vai reagir . Um sentimento de segurança e uma confiança muito maior do que se poderia atingir em apenas um dia. Uma semana, um mês.

O reconhecimento da alma pode ser sutil e lento. Um despertar da consciência á medida em que o véu vais sendo aos poucos levantado. Nem todos estão prontos para ver imediatamente . Há um ritmo nisso tudo, e a paciência pode ser necessária a quem percebe primeiro.

Um olhar , um sonho, uma lembrança, uma sensação podem fazer com que despertemos para a presença do espírito companheiro . O toque de suas mãos ou o beijo de seus lábioa pode nos despertar e projetar-nos subitamente de volta a vida.

O toque que nos desperta pode ser de um filho, de um pai, uma mãe, um irmão, de um amigo. Pode ser da pessoa a quem amamos , que atravessa os séculos para nos beijar mais uma vez e lembrar-nos de que estamos juntos sempre, até o fim dos tempos.

( Brian Weiss) de Só o amor é real.

domingo, 5 de setembro de 2010

Meu homem valente



Maçãs - Machado de Assis


Já dizia Machado de Assis:
"As Melhores Mulheres Pertencem Aos Homens Mais Atrevidos "
Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo..
Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar.
Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir.
Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, ELES estão errados...
Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore.
( Machado de Assis )


Engraçado, gente, mas ler isso me fez pensar... Como foi bom esperar, esperar por esse cavaleiro e cavalheiro, meu homem valente que chegou há quase dois anos, e há um ano casou comigo, me amou com defeitos e virtudes, me deu um filho lindo, me fez entender o significado da palavra: amor. Em 05 De Setembro de 2009, ganhei um príncipe, rsrsrs, literalmente em um cavalo branco.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Meu amor


Aos olhos do pai, você é uma obra prima que Deus planejou, com suas próprias mãos pintou. A cor de sua pele, o seu cabelo desenhou, cada detalhe , num toque de amor.....

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Coisas que eu gosto

As coisas que eu gosto nessa vida


Varias coisas me fazem parar para sentir.
Do que eu gosto, e o que me faz ser, complemento, pedaços, pessoa, alma.
Ficar em casa, com tudo bem arrumado, ouvindo uma bela canção.
De Elvis Presley, Oswaldo Montenegro, Luiz Miguel, Sertanejos variados e esse meu gosto eclético. Às vezes, fico nem tão quieta, me coloco a dançar.
Agora amo, amo, amo, falar bem baixinho no ouvidinho do meu menino: Você quer dançar com a mamãe?

As coisas que eu gosto na vida:

Ficar quietinha, às vezes apenas pensando , inventando, criando, imaginando. Falando em imaginar, adoro ver as nuvens e brincar de formas, isso, me faz voltar a ser criança.
Falando em criança, tem coisa mais deliciosa que a companhia delas? Hoje, fui logo cedo para a LBV, tantas carinhas sorrindo pra mim. Delicia. Lavo a alma.
Sorvete de morando.
Morango.
Cheiro de lençol bem limpinho.
O cheiro de alfazema que lembra a minha bisa, que é uma eterna saudade.
Sentar em uma praça no interior.
Algodão doce, hummmmmm.

As coisas que eu gosto na vida:

Arrumar minhas coisas, comprar roupas, cheiro de roupa nova. Perfume pode ser algum variado entre: Angel and Demon, Chic , Dolce Gabbana, Bvlgari e também um de pimenta que nem lembro ao certo de onde é, mas que eu amo, após o banho usar.
Insenso, velas, cheiros, hortelã amassado, pão assado.
Hummm, falando nesses cheiros, o cheiro de chuva caindo no asfalto, esse cheiro, me lembra a minha infância, banhos de chuva no interior.

As coisas que eu gosto na vida :

Mar, mato. Cada um com seu charme, o mar: parece mais com quem quer liberdade, namorar, sonhar, é quente, forte, sensual.
O mato: è leve, tranquilo, nostálgico, romântico, apaixonante.
Caminhar descalço na areia da praia, deitar na grama.
Livros, filmes, escrever, pintar, dançar.

As coisas que eu gosto na vida:

As estrelas, borboletas, suco de abacaxi, manga, peixe com alcaparras, feijoada, carne acebolada, sashimi de salmão, vinho (preferências para uvas cabernet salvignon), agua, agua, muita agua.
Tomar um banho demorado, passar cremes e de banheira.
Da neve quando viajo.
De viajar.
De conhecer.

As coisas que eu gosto na vida:

Poema, verso e prosa, rir a toa.
Sapato novo, cor amarela, branca e marfim.
Orar.
Esses dias tenho orado pouco, mas o pouco com mais intensidade. E sei que em meus pensamentos, Ele (Deus) tem estado. É pra Ele que eu existo, isso eu sei.

As coisas que eu mais gosto na vida:

Viver. Estou viva! ´


Hoje, mais que antes, agradeço a Deus todos os dias.