segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Mel




Minha menininha mel, você foi embora hoje (20/09/2010). Ainda lembro o dia que te busquei te escolhi, você tão quietinha que te achava chata.

Depois, quando ficou dodói, que te cuidei, você se entregou, tão apaixonada, tão cheia de amor que chegava a ser ciumenta demais.

Hoje, lembrei-me de como viajamos, você em meu colo, eu dirigindo, você dormia até o destino final.

Hoje, senti tanto você ir, e com esse sentimento uma culpa tão grande. Culpa ela falta de atenção ultimamente, depois que fui mãe, todas as.

Atenções foram para o Miguel, você com ciúmes. Desculpa saudade de você. Gratidão pelo amor incondicional que me deu. Saudade...