terça-feira, 28 de agosto de 2012

O amor edifica.


Uma criança em formação precisa de amor, carinho atenção. Visitei lugares e vi situações desumanas durante o projeto que estive durante os seis anos de programa Bem viver em Pernambuco. Todas as terças, dávamos uma pausa na beleza da matéria (que passa depressa) e focávamos em beleza da alma. Bem viver nas terças era “BEM VIVER O BEM”. Sinto saudade de tudo que vivi e aprendi, dos valores que completaram as lições que até começar esse trabalho eram mais teorias. Vivi momentos que me fizeram perder o sono. Pensar em como muitas vezes reclamamos sem razão alguma. Foram muitas lições, aprendizados e até hoje uma sensação de que precisava vivenciar mais e mais, colocar no ar sempre, ajudar e enquanto estive por perto fizemos um belo trabalho.
Sempre me lembro das carinhas, olhos cheios de esperança, às vezes temerosos. Fazer uma criança feliz é tão simples. Ajudem, entrem em contato. Em Recife a AIO da Assembleia de Deus, temos tantas outras que vi o esforço e que são a única fonte de uma alimentação diária e um bocado de amor. Acredite, um menino me disse uma vez quando perguntei o que eu gostaria de ser quando crescer? Ele respondeu: Matador. Seis meses depois ele era flautista e amava a música.
É o amor que muda. O meio que se vive forma e constrói os corações desses pequenos. Edifique seja como for. Não trate mal uma criança. Sorria passe amor. Recebemos essas energias e teremos homens de bem no futuro. Mas se puder, ajude, procure um lugar que faça a diferença e faça difente.

Gardênia Cavalcanti