quarta-feira, 29 de agosto de 2012





Gardênia Por Gardênia...

Oi, talvez você pense: Não tem como ler e sentir o que é alguém em tão pouco, em uma página de Orkut. Ou quem sabe, você não compreendeu que para um bom entendedor, poucas palavras ou atitudes bastam.
Inicio esse pequeno resumo do meu eu, porém, com uma vontade de dizer para você que está lendo, se meu amigo: Seja bem vindo! Se apenas tentando me conhecer melhor, eis então! E penso assim: Que pessoas são pessoas, e não coisas.
Que beijar na boca é muito fácil, difícil é entregar a alma! E que ocupar a agenda do telefone, também é fácil, difícil é ocupar o coração.
Meus amigos de verdade, eu conto nos dedos, porém, sinto-me extremamente feliz, pois sei, que onde passei, deixei um rastro. E levei comigo também, pequenos punhados de areia. Não dá para apagar tudo, não sou máquina, e não me relacionei com máquinas. Sou viva e sinto.
È física, lei da atração.
Atraímos a mesma energia, e busco entender mais que muitas línguas, uma linguagem que há poucos interessam de verdade, a do coração.
Sou decidida, sei bem o que quero, quando e como. Odeio mentira, e acho que a vida é uma oportunidade de crescimento para todos nós. Algumas pessoas brincam, com elas e com outros, porém, acredito, na
lei do retorno.
Sei que a humildade é o caminho mais curto para chegarmos aonde queremos. Pessoas são pessoas, independe de situação.
O que importa é a alma, e esta é sempre igual.
Alguns mais iluminados e outros precisando de luz.
Já amei muito, já fui muito amada. Cresci e, hoje, sei que a vida é resultado de tudo que fazemos, plantamos.
Amo minha família, e acredito muito em Deus, Jesus, sem Ele não existiria nada, nem pais, nem mães, nem céu, nem filhos, amigos, amor... Ele é o próprio amor.
Não guardo rancor de nada, ninguém... Apenas me afasto, quando acho que não me dão o valor que mereço.
Tenho um monte de sonhos, como todo mundo, alguns meio esmagados, não destruídos; outros com asas, enormes para seguir... Adoro o mar,tem força,vida,me lembra Deus,é como se fosse a voz Dele no infinito que se ver.
A lua, as estrelas,um fim de tarde, num dia de verão!
Sorvete, chocolate, um lençol bem limpinho...
Flores, o sorriso de uma criança simplesmente me desarma, completamente.
A pureza da criança, a vida, e a forma de não entender ainda o bom e o mau, mas elas acreditam, se entregam e seguem.
Sou uma criança,sempre serei...
Uma casa de campo, com uma rede, árvores, e o amanhecer, pássaros cantando...
Pensar em quem se ama, e, às vezes, pensar em quem já amamos um dia.
Uma cachoeira, É DELICIOSA! Que banhoooooooooooooooooo! Paulo Afonso, minha adolescência, banhos maravilhosos, cada cachoeira linda!
Assim é minha visão da vida, amo meus amigos, amo dançar, muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito!
Sou comunicativa, legal, meiga, amiga... Mas quando fico brava, nem queira ver... Temos defeitos, virtudes, tristezas, DORES E AMORES.
Mas o que importa mesmo, é isso, VIVER!
Quem acabou de ler, seja quem for, SEJA SEMPRE FELIZZZZZZZZZZZZZZ!
Assim, como quero ser...

Essa música (Abaixo), me faz viajar, às vezes choro, às vezes simplesmente vou a todos os lugares que o Toquinho (autor) conseguiu enxergar. Foi feita para o filho dele, eu dedico a mim, ao meu pai, minha mãe, a minha vó Artemia, e ao filho que um dia eu quero ter....


Voa coração, a minha força te conduz, que o sol de um novo amor em breve vai brilhar, vai na escuridão
Vai onde a noite esconde a luz, clareia seu caminho e acende seu olhar, vai onde a aurora mora  ao som de um lindo dia
Colhe a mais bela flor
Que alguém já viu nascer, e não esqueça de trazer força e magia
O sonho e a fantasia
A alegria de viver
( Escrevi o texto acima em 2008, agora já sinto meu filho em meus braços)